• por

A ejaculação precoce é um problema sexual masculino comum. Várias opções de tratamento não farmacológico e farmacológico estão disponíveis atualmente.

A importância do yoga no tratamento de várias disfunções sexuais é cada vez mais reconhecida.

Apesar do sofrimento mental, ansiedade, constrangimento e depressão; a maioria dos homens com ejaculação precoce não procura ajuda.

A razão provável para isso pode ser devido ao estigma e vergonha associados à disfunção sexual e a falta de consciência sobre a disponibilidade de opções de tratamento.

Os resultados dependem da participação e adesão dos homens, que precisam utilizar uma hora diária para obter o efeito desejado. Isso requer um alto nível de motivação do homem.

Se realizado sob a orientação de um profissional de yoga qualificado sua prática é segura para todas as faixas etárias. No entanto, para evitar lesões e danos, os homens não devem se esforçar além de sua capacidade para chegar à postura ideal.

Nesta revisão, estamos analisando o papel da yoga no manejo da ejaculação precoce e as evidências científicas desta prática, como: Posturas de yoga (Yogasana), Práticas de respiração (Pranayama), Bloqueio (Bandha), Gestos (Mudra), Relaxamento, Canto de Aum, Yoga nidra e Meditação.

Contexto

A ejaculação precoce é uma das disfunções sexuais masculinas mais comuns, afetando cerca de 30% dos homens, pode afetar adversamente a qualidade de vida do acometido e de seu parceiro.

Três domínios a definem: latência ejaculatória curta, falta de controle percebido na ejaculação e consequências pessoais negativas e questões interpessoais.

O tempo entre a penetração e a ejaculação é um dos principais componentes do diagnóstico de ejaculação precoce, que pode ser medido com um cronômetro. Estudos mostram que 80% a 90% dos homens com ejaculação precoce ejaculam em 1 minuto.

As opções de tratamento não farmacológico, como Naturopatia, Yoga, Tantra, Tao, Atenção plena e Acupuntura na terapia sexual, têm sido implicadas com aumento da satisfação sexual, prazer e melhora da função sexual.

Acredita-se que as práticas de yoga tenham interferência em diversos mecanismos como: Neuro-psico-fisiológico, Regulação hormonal, Melhoria da função autonômica (estimulação parassimpática), Aumento dos níveis de serotonina 5-hidroxitriptamina no sangue total, Fortalecimento dos músculos pélvicos, Conscientização aprimorada, Gestão de fatores de risco associados à ejaculação precoce

O papel da yoga na ejaculação precoce

1) Tantra yoga: Embora existam várias formas de yoga, diz-se que o tantra yoga está muito relacionado com o sexo. O tantra yoga costumava ser uma prática preferida na Índia antiga para aumentar o prazer sexual.

2) Kundalini yoga: Acredita-se que a energia Kundalini aumenta o prazer sexual e prolonga a longevidade do sexo, facilitando os orgasmos masculinos sem ejaculação.

3) Bindu Samrakshana: Há um conceito único de Bindu Samrakshana (conservação do sêmen) no texto clássico do Hatha Yoga Pradeepika. Também é sugerido que as práticas de yoga para conservar o sêmen podem ter potencial no tratamento da ejaculação precoce.

A prática do Yoga envolve processos de limpeza (kriya), posturas (asana), respiração controlada (pranayama), meditação, relaxamento, entoação de mantras, dieta yogue, código de conduta ética, filosofia e espiritualidade. Estes contribuem para melhorar a função sexual direta ou indiretamente, melhorando a saúde geral, vitalidade e bem-estar. 

Existem muitos estilos diferentes de yoga, com vários componentes. Muitas dessas práticas são seguras; no entanto, alguns podem ser extenuantes, podem não ser apropriados para todos e precisam ser modificados para atender às necessidades individuais. Por este motivo é fundamental procurar um profissional capacitado para as práticas.

Embora muitas opções de tratamento estejam disponíveis para ejaculação precoce, a satisfação dos homens e os efeitos colaterais dos medicamentos são sempre uma preocupação.

 Opções de tratamento não farmacológico, como yoga, estão sendo exploradas na satisfação e prazer sexual. A eficácia dessas abordagens foi estabelecida em estudos empíricos e eles parecem preferíveis. Yoga também tem o potencial de ser usado como um adjuvante para cuidados médicos padrão, ou seja, junto com inibidores seletivos de recaptação de serotonina em homens com ejaculação precoce.

LIMITAÇÕES DE EVIDÊNCIAS CIENTÍFICAS

A revisão da literatura mostra que as evidências científicas são esparsas, com estudos empíricos e limitados a respeito da yoga e seu efeito na ejaculação precoce.

Há uma vasta literatura afirmando a eficácia da yoga no tratamento da ejaculação precoce, mas infelizmente há evidências científicas são limitadas para apoiar essas afirmações impressionantes. Isso parece contraditório, mas o seu significado é que as comprovações pela ciência ainda não foram realizadas.

 Embora o papel da yoga na função sexual seja testado ao longo do tempo, tenha uma boa relação custo-benefício, seja seguro e pareça promissor, há uma necessidade de pesquisas mais extensas e direcionadas nessa área. O efeito de uma determinada postura ou técnica de yoga para ejaculação precoce é investigado em poucos estudos.

Até agora, evidências limitadas para defender a yoga na ejaculação precoce estão disponíveis na literatura científica. No entanto, resultados promissores, como melhora significativa no período de latência ejaculatória intravaginal, aumento no tempo médio de ejaculação intravaginal e aumento da duração do ato sexual, que são atribuídos às práticas de yoga, foram relatados em alguns estudos empíricos.

Yoga como uma “terapia de autoajuda” foi testada é segura e pode ser recomendada nos casos que são refratários a todas as opções de tratamento médico, em homens que estão motivados a aderir a prática e sua prescrição.

O que a yoga como terapia pode oferecer é o foco na conexão mente-corpo, que falta nas abordagens contemporâneas da terapia sexual. A prática do Yoga ajuda a enriquecer a vida sexual, que pode ser elevada do plano sensual ao espiritual. O Yoga pode ser uma boa alternativa terapêutica no tratamento da ejaculação precoce e pode ser integrado nas terapias sexuais contemporâneas e na medicina sexual. Integrar a yoga como uma modalidade de tratamento não farmacológico na terapia sexual contemporânea tem o potencial de oferecer efeitos benéficos para diferentes facetas da sexualidade humana.

Fique atento!

Você se identificou com o tema que apresentamos?

Nós do Nutri & Fisio Ltda podemos te ajudar!

Nosso atendimento é 100% individualizado e o tratamento é direcionado para solucionar os sintomas que te incomodam.

Entre em contato conosco e agende sua avaliação: (19)34118316