TERAPIA MANUAL EM ADULTOS COM CEFALÉIA TENSIONAL: REVISÃO SISTEMÁTICA

TERAPIA MANUAL EM ADULTOS COM CEFALÉIA TENSIONAL: REVISÃO SISTEMÁTICA

 

INTRODUÇÃO

 

A cefaleia tensional (CT) é definida como dor holo-craniana, ou seja, dores ou sensação de pressão que abrange toda a cabeça, sendo a CT a mais prevalente entre as dores de cabeça.

A eficácia da terapia manual (TM) no tratamento de CT parece ser evidente, visto que numerosos estudos têm demonstrado efeitos positivos na redução da frequência, intensidade e duração das dores de cabeça, influenciando positivamente na qualidade de vida, além de melhora na mobilidade cervical.

O objetivo desta revisão sistemática foi avaliar a eficácia das terapias manuais e não invasivas no tratamento de pacientes com cefaléia tensional em suas formas atuais.

DESENVOLVIMENTO

Foi realizada uma revisão sistemática da literatura em busca de ensaios clínicos controlados e randomizados, sendo utilizadas as seguintes bases de dados: Brain, PubMed, Web of Science, PEDro, Scopus, CINHAL e Science Direct.  

Dos 84 estudos identificados, 38 foram excluídos por serem duplicados e 36 por não atenderem aos critérios de inclusão, sendo selecionados 10 artigos.

RESULTADOS

Cinco estudos (240 voluntários) compararam a inibição dos tecidos moles suboccipitais com:

  • técnica articulatória e manipulativa do eixo occipital-atlas-axis,

a combinação das duas técnicas e um grupo controle.

Um estudo (97 voluntários) comparou as técnicas de tecidos moles com:

  • mobilizações neurais, combinação de ambas as técnicas e massagem placebo superficial.

Um estudo (35 voluntários) comparou as técnicas:

  • de tecidos moles com a mobilização vertebral de Cyriax.

Um estudo (81 voluntários) comparou:

  • um exercício de flexão craniocervical resistida com faixa elástica,
  • técnicas convencionais de fisioterapia (técnicas de fricção e massagem por fricção),
  • movimentos baseados no Método Maitland,
  • reeducação postural cervical, dorsal e lombo-pélvica; e
  • um grupo controle submetido à fisioterapia convencional.

Um estudo (82 voluntários) comparou:

  • as técnicas de terapia manual,
  • exercícios e reeducação postural com os cuidados habituais do médico.

Um estudo (60 participantes) comparou:

  • a posição supina de repouso com:
  • headache index técnica craniana do IV ventrículo, e
  • grupo controle.

As medidas mais analisadas nos estudos incluídos nesta revisão foram a intensidade e a frequência da CT.

Para isso, todos os ensaios utilizaram um auto-registro ou diário da frequência da cefaléia e escala visual analógica (EVA).

Além disso, vários estudos utilizaram algometria de pressão, o headache index (índice de dor de cabeça) e o McGill Pain Questionnaire (Questionário de dor de McGill).

A duração do tratamento nos estudos variou de 10 a 30 minutos por 4 a 6 semanas.

Após a intervenção, todos os estudos mostraram melhoras significativas das variáveis avaliadas em comparação ao grupo controle. Além disso, os tratamentos combinados com diferentes técnicas de TM tiveram um efeito maior.

De acordo com os achados desta revisão, o tratamento manipulativo apresenta maior eficácia em termos de:

  • aumento da mobilidade cervical,
  • melhora nas taxas de incapacidade. e
  • frequência da dor.

Enquanto o tratamento dos tecidos moles resultou em uma melhora maior:

  • no impacto e intensidade da cefaléia.

Levando em consideração os resultados dos estudos, considera-se que um tratamento eficaz poderia resultar da combinação de técnicas voltadas para os tecidos moles e técnicas estruturais, somadas aos exercícios de flexão craniocervical.

CONCLUSÃO

A terapia manual atinge efeitos positivos na intensidade e frequência da dor, incapacidade, impacto, qualidade de vida e amplitude de movimento craniocervical em adultos com cefaléia tensional.

Não há superioridade entre uma técnica sobre a outra, sendo o tratamento combinado delas mais eficaz.

Fique atento!

Você se identificou com o tema que apresentamos?

Nós do Nutri & Fisio Ltda podemos te ajudar!

Nosso atendimento é 100% individualizado e o tratamento é direcionado para solucionar os sintomas que te incomodam.

Entre em contato conosco e agende sua avaliação: (19)34118316 este número também é WhatsAp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *